Cabines Telefónicas Requalificadas

A imaginação não tem limites na Arte Urbana!

Com frequência abandonadas e alvo de vandalismo, as antigas cabines telefónicas estão a ser transformadas um pouco por todo o lado em novos e criativos equipamentos urbanos, atrativos, funcionais e socialmente responsáveis.

Perfeitamente enquadradas no espaço, as antigas cabines telefónicas já são micro bibliotecas, lojas, discotecas, bares, postos de informação, cafés, teatro e muito mais….

A ideia da reconversão das cabines telefónicas antigas inspira-se num movimento iniciado há alguns anos numa pequena aldeia de Westbury-sub-Mendip, no sudoeste de Inglaterra, onde os seus moradores se lembraram de converter uma das cabines telefónicas classicamente encarnada, na mais pequena biblioteca do mundo.

Esta nova biblioteca foi um sucesso e outras povoações seguiram a iniciativa, incluindo Londres. E, agora, em Portugal e através da Fundação Altice Portugal, o conceito tem vindo a afirmar-se e a ganhar sucessivos adeptos em diversas localidades do país.

A transformação de cabines telefónicas desativadas, um dos símbolos mais emblemáticos das telecomunicações em Portugal, pretende animar o espaço urbano, estimular a criatividade e aproximar as populações à arte e à cultura em geral. São uma obra empolgante: na sua idealização e implementação.

Conheça aqui as  inaugurações de cabines telefónicas que já se transformaram em equipamentos culturais: 

 

Lourinhã

Torres Vedras

Ponta do Sol

Almada

Vila Nova de Milfontes

Açores

Barcelinhos 

Lisboa (Praça de Londres)

Caldas da Rainha 

Trafaria

Mêda

Laranjeiro

Lisboa (Parque das Nações)

Lisboa (Alcantâra)

Constância

Beja

Amadora 2

Santa Maria Maior

Amadora 1

Amarante

Sagres

Caldas da Rainha 2

Lisboa (Campo de Ourique)

Coimbra

Leiria

Lisboa (Alto de S. João)

© Todos os direitos reservados.